terça-feira, 4 de dezembro de 2018



04 de dezembro dia de homenagear:

IANSÃ
(A Rainha dos Ventos)

Divindade dos ventos, das tempestades e do rio Niger, que em Iorubá chama-se Odò Oya. Guerreira agressiva e corajosa dividiu com Xangô, seu marido, o poder de cuspir fogo e evoca através de seus movimentos sinuosos e rápidos, as tempestades e os ventos enfurecidos. Diz uma das lendas de Iansã, que Ogum foi caçar e se preparava para matar um búfalo, quando subitamente o animal tirou a sua pele, se transformando numa linda mulher. Era Oya-Iansã. Casou-se com Ogum, recomendando manter segredo de que ela era um animal. Quando as outras mulheres de Ogum descobriram o seu segredo começaram a maltratá-la. Iansã irritada se transformou novamente em búfala e as matou. Antes de fugir, deixou seus chifres com seus nove filhos, que tivera com Ogum e disse: “Em caso de necessidade, batam um contra o outro, e eu virei socorrê-los”.


Nenhum comentário:

Postar um comentário